Mais esperto que o Diabo

Mais esperto que o Diabo

Quando o Jordão estava aqui em casa em Miami, começou a escutar o podcast do Primo Rico. Logo nos primeiros episódios ele me comentou sobre este livro do Napoleon Hill.

Após alguns dias comecei também a seguir e escutar o podcast do Primo Rico, que tem sido bem instrutivo e enriquecedor para mim.

Vou começar a leitura deste livro e compartilhar diariamente o meu progresso.

Medo é a ferramenta de um Diabo idealizado pelo homem. A fé inabalável em si é tanto a arma que derrota este Diabo quanto a ferramenta que o homem utiliza para construir uma vida de sucesso. E é mais do que isso. É uma conexão direta com as forças irreversíveis do universo que apoiam o homem que não acredita em fracassos e derrotas, senão como experiências meramente temporárias.

Napoleon Hill

Tudo começa com a entrevista e o desafio proposto por Andrew Carnegie à Napoleon Hill. Ficar 20 anos estudando as razões do sucesso e fracassos das pessoasZ

Com isso em mente Napoleon Hill, estudou mais de 25 mil pessoas que eram classificadas como fracassadas e 500 consideradas “bem-sucedidas”.

Qual a pessoa que realmente conhece a si mesmo?

O

Apesar de ter participado de vários empreendimentos, Napoleon, em um dado momento da vida sofreu de uma das piores doenças da humanidade: a indecisão. Forma dois meses de muitos dramas e onde ele conseguiu entender o princípio de Carnegie sobre o “Outro-Eu”.

Aprenda essa lição, de uma vez por todas: você somente achará a alegria ajudando outros a encontrá-la.

O curioso é pensar que quando ele começou a escrever os primeiro manuscritos dos princípios de sucesso, ele estava praticamente falido e em depressão. Um tanto irônico para um autor que vai “ensinar” os princípios de como ficar rico. Me faz lembrar estes influencers que vendem cursos de sucesso e só tem sucesso porque venderam o curso para muitos fracassados.

O medo é uma areia movediça que se retroalimenta.

Na mesma época que estava realizando estes estudos, Napoleon Hill já havia definido as 16 ou 17 princípios do sucesso, e viaja os EUA para palestrar e explicar estes princípios, sendo que ele mesmo não consigais aplicá-los na sua própria vida pessoa.

Meu amigo Camilo Coutinho, já havia me indicado um livro chamado O mensageiro milionário, que são pessoas que vivem de passar conhecimento ou sintetizam assuntos e explicam isso de outra maneira e com isso fazem uma vida com isso.

Se você também estudar a vida de empreendedores como o outro livro que acabei de ler do Facundo Guerra, os dramas são difíceis de transmitir. Como Napoleon Hill sintetizou: tais experiências não conseguem ser descritas. Para serem entendidas, devem ser sentidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *