As últimas 24 horas

Já não sei há quantos dias estamos em quarentena e prefiro nem contar por enquanto. Vamos vivendo e trabalhando todos os dias. Aos domingos, antes mesmo da quarentena, evitava abrir o computador ou trabalhar.

Nem Deus trabalhou no sétimo dia da semana. Até ele pediu uma trégua.

Ontem comecei a assistir o documentário Inside Bill’s Brain 🧠 na Netflix. Depois de assistir à estreia tá do Bill Gates na CNN, onde ele parece até “feliz” com toda essa situação da pandemia 🦠

Faço um paralelo com o primeiro livro que ele publicou. Eu ainda era muito novo e talvez não iria entender. Quando cresci li trechos do seu primeiro livro: A Estrada do Futuro, onde ele prevê muito das tecnologias que usamos hoje como o celular, GPS e até mesmo uma rede social como o Facebook.

Isso me despertou para assistir o documentário, talvez ele enxergue muito além de nós, pessoas comuns.

Entender o ponto de vista de uma pessoa como ele faz a gente se questionar sobre o mundo e o modo como vivemos.

Logo depois do almoço vou continuar a minha maratona para concluir e entender mais sobre esse quase alien 👽 entre nós.

Episódio 1

Bill passa muito tempo lendo, gostar de ler um pouco de tudo e muitas vezes surpreende o volume de conhecimento que tem sobre diversos assuntos.

Por coincidência ele estava lendo o livro Educated, que a Daphne já leu e eu escutei um resumo no Blinkster. Quero ler este livro 📖 também em breve.

Como todo adolescente teve problemas com seus pais, particularmente sua mãe. Apesar disso aprendeu e cresceu muito nesse período. E quando o entrevistador pergunta o dia ou momento mais triste da vida dele: o dia que a mãe dele faleceu.

Rotina matinal

Desde que começou o lockdown 🔒 em Miami, não consigo sair para correr pela manhã com a Lua. Estou tentando me readaptar em outra rotina de exercícios.

Acordei relativamente tarde, 7 da manhã. Pensei em fazer ioga 🧘‍♂️ mas no final fui correr, sozinho. As ruas estavam todas vazias e acabei indo correr em ruas novas que nunca entrei do outro lado da Lincoln Road.

Correr é um hábito tão bom que adquiri em minha vida e que me ajuda a pensar 💭 e conhecer a cidade de outro ponto de vista.

Como sempre dizem, é muito difícil criar hábitos saudáveis e diários. Mas é muito fácil destruir. Pois um hábito saudável pode demorar meses da sua vida e para destruir só alguns poucos dias.

Logo após o nosso café da manhã, que quase nunca mais tem café, apenas chá. Vi um post do Rodrigo Macedo sobre o livro que a irmã dele publicou, o Eneaotil, basedo no blog que ela começou há anos atrás. Fiquei muito interessado e já comprei através do Kindle, tanto para apoiar a irmã de um amigo, assim como entender mais sobre a relação dela com o filho.


É domingo de Páscoa 🐣 muita gente querendo ficar com a família toda. A recomendação mais segura: fique em casa. 🏠

Batatalhoada 🥔

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *